Para reflectir...

Sobre o Medo...


Pergunta-te... de que tens medo?...

O que gostarias de fazer e... não te atreves?...

O que queres deixar para trás... mas ficas esperando que a vida pela mão de alguém de dê um empurrão...

O que desejas ou não desejas fazer... realiza-o por cima de qualquer raciocínio lógico e racional... que logo te devolverá a impossibilidade... e te leva a crer que é impossível...

Não existem impossíveis... mesmo....

Mas se calhar preferes a comodidade da rotina em vez de removeres velhos medos que tanto te assustam....

No entanto, se não te atreveres a dúvida crescerá em ti... criando dor e rigidez...

Fá-lo... é possível sim...

Não temas as emoções... as águas....

Estagnadas elas apodrecem.... ficam turvas... sem vida....

Vive-as.... dá-lhes movimento... para que te conduzam a uma nova corrente de vida....

Chora se tens que chorar... e ri se tens que rir...

Mas não vivas conformado na mediocridade...

Ruth Fairfield

A vida é para ser vivida em toda a sua plenitude!

Há algo a impedir? Será um medo? Vamos torná-lo pequeno e distante e seguir em frente.

Sem comentários:

Publicar um comentário